domingo, 14 de dezembro de 2008

Pesquisa de satisfação realizada com os alunos que participaram do projeto

Após as atividades propostas, foi realizada pesquisa de satisfação com todos os alunos que se envolveram no projeto, no qual responderam que a organização do projeto estava bem elaborada, pois tiveram diferentes momentos, entre eles destacaram a expedição investigativa em que houve a oportunidade de conhecer novas realidades através dos entrevistados. Quanto à pesquisa orientada sobre o assunto em questão entenderam que o cigarro causa inúmeros malefícios aos fumantes e fumantes passivos. Na utilização dos programas Word, Excel e Power Point salientaram que o aprendizado foi maior na utilização do Excel, na produção textual contaram com as professoras de Língua Portuguesa para a correção e coerência do texto e durante a postagem no Blog, com as professoras coordenadoras do projeto. Na confecção do cartaz os alunos manifestaram entusiasmo, pois através dele puderam registrar informações verbais e/ou visuais, com o intuito de conscientizar mais pessoas em relação aos malefícios do uso do tabaco.
Em relação às melhorias, sugeriram que este projeto deveria ser aplicado no início do ano letivo e que deveríamos aplicar outros projetos com esta metodologia, pois aprenderam muito em diferentes momentos. Em relação aos cartazes, sugeriram a exposição dos mesmos no comércio local.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Tabagismo

O tabaco pode ser usado de diversas maneiras de acordo com sua forma de apresentação, porém sob todas as formas ele é maléfico à saúde.
O Estudo Global do Tabagismo entre os jovens, realizado pela OMS em 46 países, revelou um quadro alarmante de dependência prematura. Em algumas áreas da Polônia, de Zimbábue e da China, crianças até 10 anos de idade já estão dependentes do tabaco.
A mulher grávida que fuma, além de correr o risco de abortar, tem uma maior chance de ter filhos de baixo peso, menor tamanho e com defeitos congênitos. Os filhos de fumantes adoecem duas vezes mais do que os filhos de não fumante.
Basta manter um cigarro acesso para polir um ambiente com as substâncias tóxicas da fumaça do cigarro.
Florestas inteiras são devastadas para alimentar os fornos à lenha que secam as folhas do fumo antes de serem industrializadas. Para cada 300 cigarros produzidos uma árvore é queimada.
Kelvin
9º Ano - EMEF Santos Dumont

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

video

Tabaco: A luta contra o vício

Cigarros,charutos,cachimbos fazem mal à saúde, porque eles são ruins.Neles há muito veneno e no período em que a pessoa fuma são introduzidas no seu organismo mais de 4.700 substâncias tóxicas.Você já se imaginou tudo isso dentro de você? Fumando esses produtos a pessoa pode até ficar com câncer.
Quando a pessoa está fumando a fumaça vai para os pulmões e ao cérebro, demora de 7 a 9 segundos, e a fumaça se espalha pelo organismo trazendo, assim,doenças.
A dependência do cigarro é a droga, isso produz sensação de prazer.
As doenças que o cigarro traz são muitas como câncer de pulmão, doença coronariana, doença pulmonar obstrutiva crônica, cerebrovascular, entre outras...Os fumantes têm menos resistência física que os não fumantes, têm menos fôlego e pior desempenho nos esportes e na vida sexual, envelhecem mais rapidamente que os não fumantes.
E as mulheres grávidas fumantes correm risco de abortar, podem ter filho de baixo peso, menor tamanho e com defeitos congênitos...
Os danos causados ao meio ambiente são as florestas inteiras são devastadas para alimentar os fornos à lenha que secam as folhas do fumo antes de serem industrializadas.Para cada 300 cigarros produzidos uma árvore é queimada. Portanto o fumante de um maço de cigarros por dia sacrifica uma árvore a cada 15 dias.Para a obtenção de safras cada vez melhores, os plantadores de fumo usam agrotóxicos em grande quantidade, causando danos à saúde dos agricultores e ao ecossistema.Além disso, filtros de cigarro atirados em lagos,rios,mares,florestas e jardins demoram 100 anos para se degradarem.Cerca de 25% de todos os incêndios são provocados por pontas de cigarro acesas,o que resulta em destruição e mortes.
O consumo do fumo gera uma perda mundial de 100 bilhões de dólares por ano, representados por: sobrecarga do sistema de saúde com tratamento das doenças causadas pelo fumo; mortes precoces de cidadãos em idade produtiva; maior índice de aposentadoria precoce; faltas ao trabalho.
O aumento na ventilação não pode eliminar a poluição tabagismo ambiental, embora uma boa ventilação não pode eliminar a poluição tabagismo, embora uma boa ventilação possa ajudar a diminuir a irritação nos olhos, nariz e garganta causadas pela fumaça, ele não elimina seus componentes tóxicos.
Existem pesquisas comprovando que as imagens nos maços diminuem o número de fumantes, porque demonstram que elas funcionam.
Para parar de fumar a pessoa precisa esquecer do cigarro, botar no lixo os que tem em casa para depois poder dizer “hoje eu não fumei”.
O Instituto Nacional do Câncer (INCA) é o órgão do Ministério da Saúde responsável pela coordenação de política de controle do câncer e doenças relacionadas ao tabagismo no Brasil.
As conseqüências para um fumante passivo, é que ele corre mais risco de pegar doenças como o câncer do que o fumante, porque é que ele corre mais risco de pegar doenças como o câncer do que o fumante, porque ele respira a fumaça e isso vai diretamente circulando pelo corpo.
Pelo que as pessoas andam dizendo pela rua o que leva um ex-fumante a engordar é a ansiedade.
Pelo que eu pesquisei é possível sim parar de fumar e levar uma vida normal livre das doenças causadas pelo tabagismo!
Sabrina
5ª -Kinderwelt

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008